Google + Jovem Foodie: A mousse de chocolate mais fácil de todas

5 de julho de 2012

A mousse de chocolate mais fácil de todas

Mousse de Chocolate Mais Fácil do Mundo
Foto: PratoFundo
 Pra quem já tentou preparar uma boa mousse de chocolate, daquelas bem aeradas e saborosas, sabe o quanto é difícil obter a textura perfeita. Em umas receitas, a adição de claras em neve pode causar certa repulsa para alguns. Em outras, a ausência destas claras não deixa a mousse aerada. Nas receitas tipicamente francesas, são mais de oito ingredientes (como cremor tártaro, creme batido, açúcar, ovos...).
O que você pensaria se eu dissesse que dá para fazer uma mousse, "light", e com apenas dois ingredientes? E se eu te dissesse ainda, que os dois ingredientes são chocolate e... água!
Sim, água! O ingrediente inimigo número 1 dos chocolatiers. Aquele que, quando em um banho maria mais descuidado cai na bacia de chocolate, faz o favor de estragar todo o chocolate, o deixando granulado e "ressecado". Aquele que, nem pra fazer calda a gente ousa misturar ao chocolate. É. É água mesmo!
E a receita é muito fácil. Veja abaixo:

Ingredientes


  • 350g de chocolate (eu preferiria o meio amargo)
  • 270 ml de água

Como fazer

Leve os ingredientes ao fogo em uma panela, apenas para que o chocolate derreta. Tire-o assim que tiver formado uma "calda" aguada de chocolate.
Transfira o chocolate aguado obtido acima para uma travessa de inox, e coloque esta travessa de inox dentro de uma travessa maior, com gelo e água gelada (um tipo de banho-maria invertido).
Com um fouet (batedor manual) ou mixer, bata energicamente a mistura até que... voilá, sua mousse começa a surgir magicamente!

Explicação

Segundo o químico e gastrônomo molecular Hervé This, autor desta receita, as moléculas de água se distribuem uniformemente por entre as "moléculas" do chocolate. Em um acidente, isto faz com que as moléculas de açúcar se separem do chocolate e se unam entre si formando grumos, e o mesmo ocorre com os demais componentes, mas quando batemos bem (como nesta receita) estes grumos ficam de tamanho muito reduzido. Isso permite que a mistura se estabilize, e se emulsione com o ar. Como a quantidade de água e chocolate é bem próxima, esta mistura é quase perfeitamente homogênea.
A qualidade e o sabor do mousse nesse caso dependem apenas da qualidade e do sabor do chocolate.
Não é alquimia, e sim, a gastronomia molecular nos lembrando que os alimentos não são nada mais que química.
Veja o vídeo explicativo, pelas mãos do chef Heston Blumenthal:

Espero que tenham gostado desta receita muito, muito fácil, e que não dá errado nunca!
Abraços foodie!

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Olá Guilherme,
    Ótimo post, muito boa explicação, adorei.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir

Olá! Não esqueça de deixar sua opinião sobre o blog ou a postagem!